Seguir por Email

Resenha:O céu está em todo lugar.

Autora:Jandy Nelson.
Editora:Novo Conceito.
Páginas:423


Sinopse:Lennie Walker, obcecada por livros e música, tocava clarinete e vivia de forma segura e feliz, à sombra de sua brilhante irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre de forma abrupta, Lennie é lançada ao centro de sua própria vida, e, apesar de não ter  nenhum histórico com rapazes, ela se vê, subitamente lutando para encontrar equilíbrio entre dois: um deles tira a tristeza, o outro a consola.
O romance é uma celebração do amor, também um retrato da perda. A ljuta de Lennie para encontrar sua própria melodia em meio ao ruído que a circunda é sempre honesta, porém hilária, e, sobretudo, inesquecível.


Esse livro me trouxe uma única pergunta e eu gostaria que vocês me respondessem:
O quirei fazer agora? 
Essa era uma pergunta que aparecia o tempo inteiro na cabeça de Lennie ,ela estava confusa ,estava sem rumo,
sem direção , a única pessoa que a guiava  havia desaparecido pra sempre e Lennie não sabia o que fazer para lidar com a dor da perda.
Não posso julgar Lennie pelas suas escolhas pois como eu havia dito ela estava perdida e estava apenas tentando achar o caminho de volta .
A forma como Lennie foi achando o caminho de volta foi uma das mais lindas que a autora podia ter criado, ela se reencontra pelo amor e pela música ....ela se apaixona e desconta sua dor na música provando o quão boa é.


A autora realmente me surpreendeu , a forma como ela coloca em palavras tanta dor é incrível e ela simplesmente pegou uma história que acontece com várias  pessoas e transformou em uma lição para todos os leitores.Ela também conseguiu reunir o amor ,
de uma maneira incrível, no meio de tanta dor. 


A diagramação dele é muito linda, a editora fez um trabalho muito especial nesse livro deixando-o extremamente lindo e mais realista.


“Às vezes é preciso perder tudo para encontrar a si mesmo...”


2 comentários:

Suellen disse...

Hum... O livro deve ser bom, pois é como se fosse uma auto descoberta, tipo saber quem eu sou já que eu não tenho o meu guia.

A história deve ser muito bela.

=D

Fábrica dos Convites disse...

Consegui este livro em uma troca no skoob, não vejo a hora de ler.
Bjs, Rose.

Postar um comentário